Futebol em Números

Arquivo : Marcelo Grohe

Os jogadores que estão há mais tempo nos clubes brasileiros
Comentários Comente

Rodolfo Rodrigues

Maior caso de fidelidade do futebol mundial, o atacante italiano Francesco Totti, de 40 anos, está completando 24 anos de sua estreia pela Roma, seu único clube na carreira. Entre os jogadores brasileiros na Europa, quem está há mais tempo em um único clube é o zagueiro Luisão, que defende Benfica-POR desde agosto de 2003 (13 anos e cinco meses).

Já no futebol brasileiro, entre os 40 clubes que estão nas Série A e B do Brasileirão, o goleiro Fábio, do Cruzeiro, é quem está há mais tempo em um único clube. Depois de jogar na Raposa em 1999 e 2000, Fábio foi para o Vasco, onde atuou de 2000 a 2004. Depois, voltou ao Cruzeiro em janeiro de 2005 e desde então segue no time, completando agora 12 anos. Com 705 jogos disputados com a camisa da Raposa, Fábio é o jogador com mais partidas disputadas na história do clube.

Depois de Fábio, o outro mais longevo da lista também é goleiro: Magrão, do Sport, no clube desde 2005. Outro é Marcelo Grohe, do Grêmio. O titular da equipe de Renato Gaúcho e campeão da última Copa do Brasil fez sua estreia como profissional em janeiro de 2006, completando agora 11 anos de clube. Com 302 jogos com a camisa do tricolor gaúcho, Grohe é o segundo goleiro com mais partidas disputadas pelo clube, atrás apenas de Danrlei (594 jogos).

Jogadores que estão há mais tempo nos clubes da Séries A do Brasileirão, além do Internacional:
Cruzeiro
– Fábio (desde jan/2005) – 12 anos
Sport – Magrão (desde jun/2005) – 11 anos e 7 meses
Grêmio – Marcelo Grohe, goleiro (desde jan/2006) – 11 anos
São Paulo – Denis, goleiro (desde mai/2009) – 7 anos e 8 meses
Botafogo –
Jefferson, goleiro (desde ago/2009) – 7 anos e 5 meses
Fluminense –
Gum, zagueiro (desde ago/2009) – 7 anos e 5 meses
Atlético-PR –
Deivid, volante (desde jan/2010) – 7 anos
Corinthians
– Danilo, meia (desde jan/2010) – 7 anos
Santos
– Vladimir, goleiro (desde jan/2010) – 7 anos
Atlético-MG –
Leonardo Silva, zagueiro, e Giovanni, goleiro (desde jan/2011) – 6 anos
Chapecoense – Neném, meia (desde jan/2011) – 6 anos
Vasco –
Luan, zagueiro (desde set/2012) – 5 anos e 4 meses
Avaí –
Marquinhos, meia (desde jan/2013) – 4 anos
Flamengo –
Gabriel, meia-atacante (desde jan/2013) – 4 anos
Palmeiras –
Fernando Prass, goleiro (desde jan/2013) – 4 anos
Coritiba – Carlinhos, lateral esquerdo (desde out/2013) – 3 anos e 3 meses
Inter –
Valdívia, meia-atacante (desde nov/2013) – 3 anos e 2 meses
Vitória –
José Welinton, volante (desde jan/2014) – 3 anos
Atlético-GO – Marcus Winícius, volante (desde abr/2014) – 2 anos e 9 meses
Ponte Preta – 
Jeferson, lateral direito (desde jan/2015) – 2 anos
Bahia – Yuri, volante (desde jan/2015) – 2 anos


Defesa do Grêmio bate recorde nesse início de Brasileirão
Comentários Comente

Rodolfo Rodrigues

Líder do Brasileirão com 10 pontos, e à frente do Inter pelo saldo de gols, o Grêmio chegou ao quarto jogo sem tomar gol na competição. Depois de estrear com um 0 x 0 diante do Corinthians, em São Paulo, o Tricolor gaúcho bateu o Flamengo na 2ª rodada (1 x 0), venceu o Atlético-MG fora de casa (3 x 0) e hoje, ganhou do Coritiba, em casa, por 2 x 0.

Pela primeira vez na era dos pontos corridos no Campeonato Brasileiro (desde 2003), um time chega à 4ª rodada da competição sem sofrer um único gol. Até então, os times com as melhores defesas até a 4ª rodada tinham levado um gol: Santos (2006), Corinthians e São Paulo (2007), Cruzeiro (2008), Inter (2009), Ceará (2010), São Paulo (2011), Atlético-MG (2012), Corinthians e Santos (2014) e Goiás (2015).

O goleiro Marcelo Grohe, chegou ao 4º jogo também sem levar gol pelo Grêmio em Brasileiros. Em 2013, Grohe ficou 8 jogos sem levar gol na Série A, batendo o recorde de minutos sem sofrer gol pelo Tricolor em Brasileiros (802 minutos).

Grohe, aliás, entre os goleiros da Série A, é o que detém a melhor média de gols sofridos em Brasileiros entre aqueles com pelo menos 38 jogos disputados (ou um campeonato inteiror). Desde 2006, disputou 139 jogos e levou apenas 107 gols (média de 0,77 por partida). Cássio, do Corinthians, são levou 108 gols em 132 jogos (0,82).


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>