Palmeiras – Futebol em Números http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br Aqui você que vê o futebol de uma maneira diferente. Números, estatísticas, dados, curiosidades, listas, recordes, traduzidos de maneira fácil para entender ainda melhor a história do futebol e o que rola dentro do campo. Sun, 28 May 2017 00:49:10 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Flamengo: brasileiro com mais quedas na fase de grupos da Libertadores http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/18/flamengo-brasileiro-com-mais-quedas-na-fase-de-grupos-da-libertadores/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/18/flamengo-brasileiro-com-mais-quedas-na-fase-de-grupos-da-libertadores/#comments Thu, 18 May 2017 15:37:52 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1608 Ao perder de virada, ontem, para o San Lorenzo-ARG, em Buenos Aires (2 x 1), o Flamengo deu adeus à Copa Libertadores de 2017. Foi a quinta eliminação do rubro-negro em 12 participações na competição ainda na fase de grupos. Desde 1960, nenhum clube brasileiro caiu tantas vezes nessa fase da competição.

No século XXI, o Flamengo soma mais desclassificações na fase de grupos do que classificações. O time caiu em 2002, 2012, 2014 e 2017. No período, conseguiu passar para as oitavas de final em 2007, 2008 e 2010. Nas últimas três participações, o clube foi eliminado em todas, igualado assim o recorde negativo de Palmeiras (eliminado três vezes na fase de grupos em 1973, 1974 e 1979), São Paulo (1978, 1982 e 1987) e Vasco (1975, 1980 e 1985). Os três clubes, porém, caíram nos anos 70 e 80, quando apenas o líder do grupo avançava para a fase seguinte da competição.

O Palmeiras, que lidera seu grupo, ainda corre o risco de ser eliminado na Libertadores de 2017. Assim, poderia igualar o recorde de quedas do Flamengo. Mas a chance de o time paulista ser eliminado é pequeno. Ainda assim, se cair, teria cinco eliminações em 16 participações contra 12 do rubro-negro na fase de grupos.

Por outro lado, o Cruzeiro é o time brasileiro com o melhor desempenho na fase de grupos. Em 13 participações, avançou em todas e nunca foi eliminado. O Corinthians é o segundo melhor. Depois de cair em 1977, o time não foi mais eliminado nas 11 participações seguidas.

Clubes brasileiros com mais eliminações na fase de grupos da Libertadores:

Clube Eliminações Classificações
Flamengo 5 7
Palmeiras 4 11
São Paulo 3 13
Vasco 3 4
Internacional 3 8
Fluminense 2 4
Atlético-MG 2 7
Grêmio 2 12
Coritiba 2 0
Atlético-PR 2 3
Santos 1 10
Botafogo 1 3
Corinthians 1 11
Guarani 1 2
Bangu 1 0
Sport 1 1
Juventude 1 0
Santo André 1 0
Paulista 1 0
Cruzeiro 0 13
Bahia 0 1
Criciúma 0 1
São Caetano 0 3
Paysandu 0 1
Goiás 0 1

 

Eliminações e classificações dos clubes brasileiros na fase de grupos da Libertadores:

Clube Eliminações Classificações
Flamengo 1983, 2002, 2012, 2014, 2017 1981, 1984, 1991, 1993, 2007, 2008, 2010
Palmeiras 1973, 1974, 1979, 2016 1968, 1971, 1994, 1995, 1999, 2000, 2001, 2005, 2006, 2009, 2013
São Paulo 1978, 1982, 1987 1972, 1974, 1992, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2013, 2014, 2016
Vasco 1975, 1980, 1985 1990, 1998, 2001, 2012
Internacional 1976, 1993, 2007 1977, 1980, 1989, 2006, 2010, 2011, 2012, 2015
Fluminense 1971, 1985 2008, 2011, 2012, 2013
Atlético-MG 1972, 1981 1978, 2000, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017
Grêmio 1982, 1990 1983, 1995, 1997, 1998, 2002, 2003, 2007, 2009, 2011, 2013, 2014, 2016
Coritiba 1986, 2004
Atlético-PR 2002, 2014 2000, 2005, 2017
Santos 1984 1962, 1965, 2003, 2004, 2005, 2007, 2008, 2011, 2012, 2017
Botafogo 2014 1963, 1973, 1996
Corinthians 1977 1991, 1996, 1999, 2000, 2003, 2006, 2010, 2012, 2013, 2015, 2016
Guarani 1987 1979, 1988
Bangu 1986
Sport 1988 2009
Juventude 2000
Santo André 2005
Paulista 2006
Cruzeiro 1967, 1975, 1976, 1994, 1997, 2001, 2004, 2008, 2009, 2010, 2011, 2014, 2015
Bahia 1989
Criciúma 1992
São Caetano 2001, 2002, 2004
Paysandu 2003
Goiás 2006
]]>
8
Gabriel Jesus chega aos 100 jogos como profissional http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/16/gabriel-jesus-chega-aos-100-jogos-como-profissional/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/16/gabriel-jesus-chega-aos-100-jogos-como-profissional/#comments Tue, 16 May 2017 17:05:37 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1604 Um mês após completar 20 anos e voltar de lesão, o atacante Gabriel Jesus chegou a marca de 100 jogos como profissional. Revelado pelo Palmeiras com 17 anos e 11 meses, o jogador disputou 85 jogos pelo alviverde entre 2015 e 2016. Na seleção brasileira principal, Gabriel disputou mais 6 jogos, todos no segundo semestre de 2016. Já pelo Manchester City-ING, onde estreou no dia 21 de janeiro de 2017, o atacante disputou 9 jogos.

Nesses 100 jogos, Gabriel Jesus marcou 38 gols, sendo 28 Palmeiras, 5 pela seleção brasileira e mais 5 pelo Manchester City e deu mais 12 assistências. Desde sua estreia, no dia 7 de março de 2015, até agora, em pouco mais de dois anos, o atacante ganhou uma Copa do Brasil e um Brasileiro pelo Palmeiras. Além disso, com a seleção sub-23, foi também campeão das Olimpíadas.

Com a mesma idade de Gabriel Jesus (20 anos), alguns dos principais jogadores do futebol brasileiro chegaram a disputar mais jogos. Pelé, por exemplo, já havia feito 324 partidas, contando amistosos. Apenas em jogos oficiais, o Rei havia disputado 166 jogos. Neymar, que também começou a jogar profissionalmente aos 17 anos, chegou aos 20 anos com 176 partidas disputadas. Ronaldo, o Fenômeno, havia feito 152 jogos. Jesus, porém, apresenta números superiores ao de Robinho, Kaká e Romário.

Jogos e gols aos 20 anos:

Jogador Jogos Gols Média
Pelé 324 354 1,09
Neymar 176 90 0,51
Ronaldo 152 135 0,89
Ronaldinho Gaúcho 113 46 0,40
Gabriel Jesus 100 38 0,38
Robinho 98 27 0,27
Kaká 81 31 0,38
Romário 39 24 0,61

 

Pela Seleção Brasileira, Gabriel Jesus tem menos jogos do que quase todos esses jogadores assim que eles completaram 20 anos também (Romário e Robinho não jogaram pela seleção com menos de 20 anos). Porém, sua média é uma das melhores.

Jogador Jogos Gols Média
Pelé 24 26 1,08
Neymar 15 8 0,53
Ronaldo 14 8 0,57
Ronaldinho Gaúcho 14 8 0,57
Gabriel Jesus 6 5 0,83
Kaká 2 1 0,50

 

]]>
2
Os mandantes mais temidos do Brasileirão 2017 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/11/os-mandantes-mais-temidos-do-brasileirao-2017/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/11/os-mandantes-mais-temidos-do-brasileirao-2017/#comments Thu, 11 May 2017 14:07:32 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1583 Em 14 edições do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos, desde 2003, seis campeões foram os clubes com as melhores campanhas como mandantes na competição – Cruzeiro (2003, 2013 e 2014), Santos (2004), São Paulo (2007) e Corinthians (2015). Nas outras edições, os melhores mandantes não ficaram com o título, mas chegaram entre os primeiros: Palmeiras (4º em 2005); Santos (4º em 2006); Cruzeiro (3º em 2008); Corinthians (3º em 2010) e Atlético-MG (2º em 2012). Apenas Grêmio (8º em 2009), Coritiba (8º em 2011) e Atlético-PR (6º em 2016), não ficaram entre os quatro primeiros.

Se este histórico for mantido, dois times (Grêmio e Santos) têm motivos para ficarem otimistas. A duplas leva a melhor contra os todos 19 times da elite do Brasileirão, quando joga em casa, levando-se em conta o desempenho desde o início da competição em 1971.

O Grêmio, jogando em Porto Alegre (no antigo estádio Olímpico) e em sua nova Arena, tem um aproveitamento contra os adversários que estão na Série A de 2017 de 66,2% dos pontos. Contra alguns grandes, chega a ter um desempenho excelente. Diante do Flamengo, foram 16 vitórias e apenas 2 derrotas. Contra o Corinthians, 19 vitórias e 5 derrotas.

Já o Santos, atuando na Vila Belmiro (na maioria dos jogos), ou em São Paulo, também é superior a todos os rivais da Série A desse ano. Em 382 jogos em casa, venceu 202, empatou 110 e perdeu 70 – 62,5% de aproveitamento Contra Vitória (17 jogos) e Atlético-PR (20 jogos), o Peixe nunca foi derrotado em casa.

Clubes que mais levam vantagem sobre os 19 adversários da Série A de 2017 em casa (desde 1971):
Vantagem em 19 confrontos:
Grêmio e Santos

Vantagem em 18 confrontos:
Atlético-MG, Atlético-PR e Botafogo

Vantagem em 17 confrontos:
Flamengo e Palmeiras

Vantagem em 16 confrontos:
Corinthians, Cruzeiro e São Paulo

Vantagem em 15 confrontos:
Coritiba e Fluminense

Vantagem em 14 confrontos:
Ponte Preta e Vasco

Vantagem em 13 confrontos:
Bahia e Sport

Vantagem em 9 confrontos:
Chapecoense e Vitória

Vantagem em 7 confrontos:
Avaí

Vantagem em 4 confrontos:
Atlético-GO


Retrospecto dos clubes, em casa, contra os adversários da Série A de 2017 (desde 1971):

Atlético-GO      
versus… V E D
Atlético-MG 1 1 2
Atlético-PR 0 0 2
Avaí 0 1 1
Bahia 1 0 2
Botafogo 1 0 2
Chapecoense
Corinthians 1 0 2
Coritiba 1 1 1
Cruzeiro 2 0 1
Flamengo 0 2 2
Fluminense 1 0 3
Grêmio 1 1 2
Palmeiras 2 1 0
Ponte Preta 0 1 0
Santos 2 0 2
São Paulo 2 2 0
Sport 0 0 1
Vasco 2 1 2
Vitória 2 0 0
Atlético-MG      
versus… V E D
Atlético-GO 2 2 0
Atlético-PR 11 4 6
Avaí 3 1 0
Bahia 10 4 1
Botafogo 11 5 6
Chapecoense 3 0 0
Corinthians 11 7 12
Coritiba 17 2 2
Cruzeiro 13 5 11
Flamengo 15 9 5
Fluminense 13 9 3
Grêmio 13 8 6
Palmeiras 12 4 9
Ponte Preta 9 7 1
Santos 20 9 4
São Paulo 10 9 5
Sport 11 5 2
Vasco 15 5 5
Vitória 14 6 2
Atlético-PR      
versus… V E D
Atlético-GO 2 0 0
Atlético-MG 11 5 5
Avaí 2 1 1
Bahia 7 2 1
Botafogo 12 2 3
Chapecoense 2 2 0
Corinthians 6 6 7
Coritiba 8 5 2
Cruzeiro 6 8 5
Flamengo 15 7 1
Fluminense 8 6 5
Grêmio 9 8 6
Palmeiras 6 8 5
Ponte Preta 7 1 4
Santos 8 7 4
São Paulo 13 9 1
Sport 7 5 1
Vasco 9 5 4
Vitória 9 2 4
Avaí      
versus… V E D
Atlético-GO 1 1 0
Atlético-MG 0 2 2
Atlético-PR 3 0 2
Bahia 0 1 1
Botafogo 1 1 1
Chapecoense 1 0 0
Corinthians 3 0 1
Coritiba 1 2 2
Cruzeiro 0 3 1
Flamengo 3 1 1
Fluminense 2 1 2
Grêmio 2 0 5
Palmeiras 1 1 3
Ponte Preta 1 0 0
Santos 1 2 1
São Paulo 1 2 1
Sport 0 2 0
Vasco 1 1 1
Vitória 1 1 0
Bahia      
versus… V E D
Atlético-GO 2 2 0
Atlético-MG 5 8 6
Atlético-PR 5 4 3
Avaí 1 0 0
Botafogo 7 5 4
Chapecoense 0 0 1
Corinthians 7 8 9
Coritiba 2 9 1
Cruzeiro 6 2 8
Flamengo 7 11 6
Fluminense 4 9 6
Grêmio 8 6 5
Palmeiras 3 6 6
Ponte Preta 4 3 1
Santos 6 5 5
São Paulo 7 5 3
Sport 5 5 1
Vasco 5 5 4
Vitória 7 7 6
Botafogo
versus… V E D
Atlético-GO 2 1 0
Atlético-MG 13 7 4
Atlético-PR 9 3 7
Avaí 3 1 0
Bahia 5 7 4
Chapecoense 1 1 0
Corinthians 13 6 9
Coritiba 11 1 3
Cruzeiro 11 9 6
Flamengo 8 11 7
Fluminense 9 9 5
Grêmio 12 5 8
Palmeiras 9 7 4
Ponte Preta 5 2 3
Santos 12 4 8
São Paulo 14 7 6
Sport 7 3 1
Vasco 4 8 4
Vitória 5 7 3
Chapecoense      
versus… V E D
Atlético-GO
Atlético-MG 1 2 0
Atlético-PR 2 2 0
Avaí 0 1 0
Bahia 1 0 0
Botafogo 2 0 0
Corinthians 0 0 3
Coritiba 2 1 0
Cruzeiro 1 1 1
Flamengo 1 0 2
Fluminense 2 1 0
Grêmio 1 1 2
Palmeiras 2 1 0
Ponte Preta 0 2 0
Santos 1 1 1
São Paulo 1 1 1
Sport 2 1 0
Vasco 1 0 0
Vitória 0 0 2
Corinthians
versus… V E D
Atlético-GO 1 1 1
Atlético-MG 14 8 6
Atlético-PR 7 6 6
Avaí 2 2 0
Bahia 8 6 2
Botafogo 6 10 8
Chapecoense 2 1 0
Coritiba 13 3 2
Cruzeiro 13 9 8
Flamengo 14 8 7
Fluminense 12 8 8
Grêmio 14 8 7
Palmeiras 9 7 10
Ponte Preta 10 2 1
Santos 13 12 8
São Paulo 14 6 10
Sport 6 4 3
Vasco 9 14 4
Vitória 15 4 0
Coritiba      
versus… V E D
Atlético-GO 1 0 1
Atlético-MG 10 3 3
Atlético-PR 11 5 5
Avaí 2 0 2
Bahia 8 4 1
Botafogo 10 8 5
Chapecoense 3 0 1
Corinthians 9 6 7
Cruzeiro 8 6 8
Flamengo 10 2 7
Fluminense 11 5 2
Grêmio 11 5 8
Palmeiras 8 7 3
Ponte Preta 6 3 1
Santos 10 3 8
São Paulo 9 5 8
Sport 8 5 2
Vasco 5 7 8
Vitória 8 5 1
Cruzeiro
versus… V E D
Atlético-GO 3 1 0
Atlético-MG 9 13 8
Atlético-PR 9 7 6
Avaí 2 2 0
Bahia 16 5 2
Botafogo 17 6 6
Chapecoense 1 1 1
Corinthians 12 6 10
Coritiba 9 6 2
Flamengo 13 6 6
Fluminense 11 4 7
Grêmio 15 4 2
Palmeiras 14 7 3
Ponte Preta 6 4 2
Santos 6 7 11
São Paulo 6 8 15
Sport 11 1 2
Vasco 11 10 5
Vitória 14 2 2
Flamengo      
versus… V E D
Atlético-GO 3 0 1
Atlético-MG 17 5 7
Atlético-PR 13 2 4
Avaí 2 2 0
Bahia 5 4 3
Botafogo 11 14 2
Chapecoense 2 0 1
Corinthians 14 8 10
Coritiba 13 5 3
Cruzeiro 11 6 10
Fluminense 10 7 10
Grêmio 16 10 7
Palmeiras 10 9 11
Ponte Preta 3 6 2
Santos 18 9 6
São Paulo 13 7 6
Sport 12 4 3
Vasco 9 9 6
Vitória 14 3 3
Fluminense
versus… V E D
Atlético-GO 2 1 1
Atlético-MG 10 6 8
Atlético-PR 9 1 8
Avaí 4 0 0
Bahia 12 3 3
Botafogo 9 8 6
Chapecoense 0 1 2
Corinthians 8 9 6
Coritiba 10 6 4
Cruzeiro 12 11 6
Flamengo 10 6 10
Grêmio 10 11 5
Palmeiras 9 6 10
Ponte Preta 7 3 0
Santos 19 3 8
São Paulo 10 5 7
Sport 12 4 4
Vasco 7 7 9
Vitória 8 3 4
Grêmio
versus… V E D
Atlético-GO 2 2 0
Atlético-MG 12 7 4
Atlético-PR 15 4 1
Avaí 3 1 0
Bahia 5 7 0
Botafogo 10 9 5
Chapecoense 2 0 1
Corinthians 19 4 5
Coritiba 14 5 4
Cruzeiro 12 7 5
Flamengo 16 9 2
Fluminense 15 3 6
Palmeiras 9 14 6
Ponte Preta 9 3 3
Santos 15 6 4
São Paulo 14 7 6
Sport 17 4 1
Vasco 19 6 6
Vitória 13 6 2
Palmeiras      
versus… V E D
Atlético-GO 1 0 2
Atlético-MG 13 3 7
Atlético-PR 9 5 2
Avaí 3 1 0
Bahia 10 4 5
Botafogo 15 7 5
Chapecoense 3 0 0
Corinthians 6 10 5
Coritiba 9 5 5
Cruzeiro 12 9 7
Flamengo 10 9 6
Fluminense 14 2 5
Grêmio 15 5 2
Ponte Preta 5 1 3
Santos 10 11 12
São Paulo 10 11 5
Sport 8 2 5
Vasco 12 9 4
Vitória 10 5 0
Ponte Preta
versus… V E D
Atlético-GO 1 0 0
Atlético-MG 4 6 3
Atlético-PR 3 3 6
Avaí 1 0 0
Bahia 2 1 1
Botafogo 3 3 4
Chapecoense 0 2 0
Corinthians 7 5 2
Coritiba 7 2 1
Cruzeiro 3 1 6
Flamengo 5 5 3
Fluminense 6 2 3
Grêmio 6 6 2
Palmeiras 6 3 3
Santos 6 1 3
São Paulo 5 3 7
Sport 6 2 1
Vasco 4 6 2
Vitória 7 2 1
Santos      
versus… V E D
Atlético-GO 1 2 0
Atlético-MG 13 6 4
Atlético-PR 16 4 0
Avaí 3 2 0
Bahia 9 2 5
Botafogo 11 11 5
Chapecoense 3 0 0
Corinthians 11 5 7
Coritiba 12 3 2
Cruzeiro 14 5 11
Flamengo 12 12 5
Fluminense 11 6 5
Grêmio 16 11 3
Palmeiras 9 10 6
Ponte Preta 9 3 3
São Paulo 15 8 9
Sport 10 5 1
Vasco 15 10 4
Vitória 12 5 0
São Paulo
versus… V E D
Atlético-GO 2 1 0
Atlético-MG 15 7 8
Atlético-PR 13 6 3
Avaí 2 1 1
Bahia 7 4 3
Botafogo 19 5 6
Chapecoense 1 1 1
Corinthians 4 18 6
Coritiba 10 9 3
Cruzeiro 25 7 3
Flamengo 16 9 4
Fluminense 20 7 6
Grêmio 18 6 8
Palmeiras 8 15 9
Ponte Preta 12 1 1
Santos 17 2 8
Sport 17 1 0
Vasco 10 6 5
Vitória 14 2 0
Sport      
versus… V E D
Atlético-GO 0 1 0
Atlético-MG 6 9 2
Atlético-PR 7 5 1
Avaí 1 0 1
Bahia 4 3 6
Botafogo 8 4 4
Chapecoense 0 1 2
Corinthians 9 4 7
Coritiba 8 4 1
Cruzeiro 7 7 6
Flamengo 7 4 4
Fluminense 7 6 3
Grêmio 8 6 3
Palmeiras 6 5 8
Ponte Preta 4 1 0
Santos 8 5 5
São Paulo 8 7 4
Vasco 2 5 6
Vitória 6 3 1
Vasco
versus… V E D
Atlético-GO 2 1 0
Atlético-MG 13 10 6
Atlético-PR 12 4 0
Avaí 3 1 0
Bahia 5 10 6
Botafogo 13 8 4
Chapecoense 0 0 1
Corinthians 9 8 6
Coritiba 11 3 5
Cruzeiro 10 7 8
Flamengo 11 9 8
Fluminense 8 13 8
Grêmio 12 7 3
Palmeiras 8 6 7
Ponte Preta 6 5 1
Santos 12 11 4
São Paulo 8 8 10
Sport 4 2 4
Vitória 8 4 3
Vitória
versus… V E D
Atlético-GO 0 2 0
Atlético-MG 7 8 7
Atlético-PR 9 4 2
Avaí 2 0 1
Bahia 3 3 0
Botafogo 11 3 5
Chapecoense 0 1 1
Corinthians 4 5 5
Coritiba 8 2 1
Cruzeiro 5 4 7
Flamengo 5 5 7
Fluminense 5 9 6
Grêmio 10 2 4
Palmeiras 4 4 8
Ponte Preta 1 3 2
Santos 9 2 5
São Paulo 7 2 9
Sport 6 2 2
Vasco 12 4 3

 

 

]]>
17
As maiores goleadas dos brasileiros na Libertadores como visitantes http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/05/as-maiores-goleadas-dos-brasileiros-na-libertadores-como-visitantes/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/05/05/as-maiores-goleadas-dos-brasileiros-na-libertadores-como-visitantes/#comments Fri, 05 May 2017 11:28:25 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1571 Nesta semana, o Atlético-MG conseguiu a maior goleada de um clube brasileiro na Libertadores ao bater o Sport Boys, da Bolívia, por 5 x 1, na cidade de Warnes, próxima a Santa Cruz de la Sierra. A goleada foi também a maior do Galo fora de casa em sua história na competição, superando os 5 x 2 sobre o Arsenal de Sarandí-ARG, em 2013.

O resultado do Atlético-MG da última quarta-feira chegou perto também da maior goleada de um clube brasileiro como visitante na história da Libertadores, desde 1960, que foi o 6 x 0 do Fluminense sobre o Deportivo Itália-VEN, em 1961. O 5 x 1 do Galo foi a terceira maior vitória de um time brasileiro fora de casa em 58 edições do torneio sul-americano.

As maiores goleados dos clubes brasileiros fora do país na Libertadores, desde 1960:
17/2/1961 – Deportivo Italia-VEN 0 x 6 Fluminense (fase de grupos)
27/3/2003 – Cerro Porteño-PAR 2 x 6 Paysandu (fase de grupos)
13/2/1965 – Universidad de Chile-CHI 1 x 5 Santos (fase de grupos)
3/5/2017 – Sport Boys-BOL 1 x 5 Atlético-MG (fase de grupos)
25/2/2003 – América de Cali-COL 1 x 5 Santos (fase de grupos)
12/5/1976 – Alianza Lima-PER 0 x 4 Cruzeiro (fase de grupos)
17/7/1977 – Portuguesa-VEN 0 x 4 Cruzeiro (fase de grupos)
4/3/1997 – Alianza Lima-PER 0 x 4 Grêmio (fase de grupos)
17/4/2015 – Universidad de Chile-CHI 0 x 4 Internacional (fase de grupos)
13/3/1979 – Universitario-PER 2 x 5 Palmeiras (fase de grupos)
3/3/1999 – Cerro Porteño-PAR 2 x 5 Palmeiras (fase de grupos)
27/3/2013 – Arsenal-ARG 2 x 5 Atlético-MG (fase de grupos)
14/3/2001 – Sport Boys-PER 1 x 4 Palmeiras (fase de grupos)
25/3/2003 – 12 de Octubre-PAR 1 x 4 Santos (fase de grupos)
26/5/2004 – Deportivo Táchira-VEN 1 x 4 São Paulo (quartas de final)
16/3/2011 – Jorge Wilstermann-BOL 1 x 4 Internacional (fase de grupos)
30/8/1962 – Penãrol-URU 0 x 3 Santos (final)*
22/2/1967 – Deportivo Italia-VEN 0 x 3 Cruzeiro (fase de grupos)
10/2/1971 – Deportivo Italia-VEN 0 x 3 Palmeiras (fase de grupos)
28/2/1979 – Alianza Lima-PER 0 x 3 Guarani (fase de grupos)
22/10/1982 – River Plate-ARG 0 x 3 Flamengo (fase semifinal)
3/4/1984 – Junior-COL 0 x 3 Santos (fase de grupos)
29/6/1984 – ULA-VEN 0 x 3 Flamengo (fase de grupos)
17/3/1992 – San José-BOL 0 x 3 São Paulo (fase de grupos)
25/4/1995 – Olimpia-PAR 0 x 3 Grêmio (oitavas de final)
16/2/2000 – Alianza Lima-PER 0 x 3 Atlético-PR (fase de grupos)
14/3/2001 – América de Cali-COL 0 x 3 Vasco (fase de grupos)
28/3/2002 – Alianza Lima-PER 0 x 3 São Caetano (fase de grupos)
10/8/2008 – Cienciano-PER 0 x 3 Flamengo (fase de grupos)
6/5/2010 – Nacional-URU 0 x 3 Cruzeiro (oitavas de final)
14/4/2011 – Estudiantes-ARG 0 x 3 Cruzeiro (fase de grupos)
* campo neutro

As maiores goleadas dos times brasileiros como visitantes, no Brasil, na Libertadores:
20/4/1984 – Santos 0 x 5 Flamengo (fase de grupos)
28/8/1963 – Botafogo 0 x 4 Santos (semifinal)
25/3/1979 – Palmeiras 1 x 4 Guarani (fase de grupos)
21/2/2013 – Fluminense 0 x 3 Grêmio (fase de grupos)
16/5/1996 – Corinthians 0 x 3 Grêmio (quartas de final)

]]>
9
Palmeiras consegue sua maior virada na Libertadores http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/27/palmeiras-consegue-sua-maior-virada-na-libertadores/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/27/palmeiras-consegue-sua-maior-virada-na-libertadores/#comments Thu, 27 Apr 2017 11:19:41 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1549 Com uma histórica vitória sobre o Peñarol, por 3 x 2, em Montevidéu, o Palmeiras conseguiu ontem sua maior virada na Libertadores desde sua primeira participação, em 1961. Das 80 vitórias anteriores do clube na competição sul-americana, oito tinham sido de virada. E em todas elas, o Palmeiras saiu reverteu o placar depois de estar perdendo por um gol de diferença.

Nunca o time havia virado um jogo na Libertadores depois de sofrer dois gols. Curiosamente, o Palmeiras já havia vencido duas partidas de virada no Uruguai, uma delas contra o próprio Peñarol, na semifinal de 1968. A outra tinha sido contra o Nacional, na primeira fase de 1973.

Já a última vitória do Palmeiras de virada, antes do jogo de ontem, foi pela histórica semifinal de 2000, contra o Corinthians. Depois de perder o jogo de ida por 4 x 3, o Palmeiras saiu na frente no segundo jogo, com um gol de Euller aos 34 minutos do primeiro tempo. Porém, levou a virada do Corinthians, com dois gols de Luizão (aos 39 minutos do primeiro tempo e aos 7 minutos do segundo tempo). Mas com gols de Alex, aos 14, e Galeano, aos 26, o Palmeiras virou o jogou e levou a decisão para a disputa por pênaltis, onde eliminou o rival pelo segundo ano consecutivo.

O triunfo palmeirense de ontem também quebrou marcar importantes na história da Libertadores. O clube brasileiro foi o primeiro a vencer o Peñarol de virada depois que o time uruguaio abriu dois gols de vantagem. Até o jogo de ontem, o Peñarol havia feito 2 x 0 em 91 jogos (venceu 89 deles e empatou 2). Em Montevidéu, como mandante, o Peñarol fez 2 x 0 em 64 jogos e nunca havia sido derrotado. No Uruguai, aliás, nenhum clube uruguaio havia perdido em casa de virada depois de abrir 2 x 0 (254 jogos).

Além disso, o Palmeiras foi o terceiro clube na história da Libertadores a virar um jogo depois de sair no intervalo perdendo por 2 x 0. Anteriormente, apenas o Atlético Nacional-COL (contra o Cruzeiro, em 1975 – 3 x 2) e o San Lorenzo-ARG (contra o Potorí-BOL, em 2008 – 3 x 2), conseguiram esse feito.

Vitórias do Palmeiras de virada na Libertadores:
21/1/1968 – Ilha do Retiro, Recife (PE) – Primera Fase (grupos)
Náutico 1 x 3 Palmeiras
Gols: Ladeira 9/1; Ademir da Guia 13/1, 24/2 e Tupãzinho 36/2

4/2/1968 – Municipal, Caracas (VEN) – Primera Fase (grupos)
Galícia de Aragua-VEN 1 x 2 Palmeiras
Gols: Cacho 38/1; Ademir da Guia 21/2 e Baldomero Amarilla (contra) 38/2

4/4/1968 – Parque Antártica, São Paulo (SP) – Primera Fase (grupos)
Palmeiras 2 x 1 Guaraní-PAR
Gols: García Rivas 36/1; Júlio Amaral 44/1 e Tupãzinho 29/2

23/4/1968 – Centenário, Montevidéu (URU) – Semifinal
Peñarol-URU 1 x 2 Palmeiras
Gols: Héctor Silva 40/1; Tupãzinho 45/1 e 10/2

24/3/1973 – Centenário, Montevidéu (URU) – Primera Fase (grupos)
Nacional-URU 1 x 2 Palmeiras
Gols: Walter Mantegazza 2/1; Nei 43/1 e Ademir da Guia 22/2

2/8/1995 – Parque Antártica, São Paulo (SP) – Quartas de final
Palmeiras 5 x 1 Grêmio
Gols: Jardel 16/1; Cafu 29/1, Amaral 38/1, Paulo Isidoro 13/2, Mancuso 24/2 e Cafu 39/2

7/4/1999 – Parque Antártica, São Paulo (SP)Primera Fase (grupos)
Palmeiras 2 x 1 Cerro Porteño-PAR
Gols: Gauchinho 3/2; Júnior Baiano 14/2 e Arce 18/2

6/6/2000 – Morumbi, São Paulo (SP) – Semifinal
Palmeiras 3 x 2 Corinthians
Gols: Luizão 39/1 e 7/2; Euller 34/1, Alex 14/2 e Galeano 26/2

26/4/2017 – Campeón del Siglo, Montevidéu (URU) – Primeira Fase (grupos)
Peñarol-URU 2 x 3 Palmeiras
Gols: Mauricio Affonso 13/1 e Junior Arias 39/1; Willian 4/2, Mina 18/2 e Willian 28/2

 

 

]]>
10
Palmeiras caiu em 13 das 17 semifinais disputadas no Paulistão http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/22/palmeiras-caiu-em-13-das-17-semifinais-disputadas-no-paulistao/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/22/palmeiras-caiu-em-13-das-17-semifinais-disputadas-no-paulistao/#comments Sun, 23 Apr 2017 02:07:56 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1543 Apesar da vitória de hoje por 1 x 0 sobre a Ponte Preta, o Palmeiras, time de melhor campanha na primeira fase, acabou eliminado do Paulistão pelo saldo de gols, já que a equipe de Campinas venceu o jogo de ida por 3 x 0.

A queda do Palmeiras na semifinal do Paulistão foi a sua 13ª em 17 semifinais já disputadas. Desde a década de 1970, quando o campeonato passou a ter essa fase de mata-mata, o Palmeiras passou apenas quatro vezes para a final após disputar uma semifinal: em 1986, pelo Corinthians (mas foi derrotado pela Inter de Limeira na final); em 1999, pelo Santos (perdeu a final depois para o Corinthians); em 2008, pelo São Paulo (foi campeão em cima da Ponte Preta); e em 2015, quando passou pelo Corinthians, mas depois foi derrotado pelo Santos na final.

Nas outras 13 edições, o Palmeiras caiu na semifinal:
1978 (perdeu para o São Paulo)
1979 (perdeu para o Corinthians)
1983 (perdeu para o Corinthians)
1987 (perdeu para o São Paulo)
1998 (perdeu para o São Paulo)
2000 (perdeu para o Santos)
2003 (perdeu para o Corinthians)
2004 (perdeu para o Paulista)
2009 (perdeu para o Santos)
2011 (perdeu para o Corinthians)
2014 (perdeu para o Ituano)
2016 (perdeu para o Santos)
2017 (perdeu para a Ponte Preta)

]]>
8
Zé Roberto, Verón e os mais velhos a jogar na Libertadores http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/12/ze-roberto-veron-e-os-mais-velhos-a-jogar-na-libertadores/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/04/12/ze-roberto-veron-e-os-mais-velhos-a-jogar-na-libertadores/#respond Wed, 12 Apr 2017 20:34:05 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1511 O volante Juan Sebestián Verón voltou a jogar ontem, pelo Estudiantes (na derrota para o Barcelona-EQU, em casa (0 x 2)), e se tornou o argentino mais velho a entrar em campo numa partida da Copa Libertadores – 42 anos, 1 mês e 3 dias.

Hoje, o lateral-esquerdo Zé Roberto, do Palmeiras, entrará em campo para enfrentar o Peñarol-URU com 42 anos, 9 meses e 6 dias. Brasileiro mais velho a jogar na história da Copa Libertadores, Zé Roberto está próximo de superar a marca do goleiro colombiano Mondragón, o segundo mais velho a entrar em campo na Libertadores. Em 2014, defendendo o Deportivo Cali-COL, Mondragón fez sua última partida com 42 anos, 9 meses e 19 dias. O goleiro colombiano, no mesmo ano, se tornou o jogador mais velho a jogar uma partida na história da Copa do Mundo.

Zé Roberto, caso volte a jogar contra o Peñarol-URU, em Montevidéu, no dia 26 de abril, irá superar a marca de Mondragón na Libertadores por um dia. Assim, poderá se tornar o segundo mais velho, atrás apenas do peruano Vicente Villanueva (José Vicente Villanueva Vergara), que em 1968, pelo Sporting Cristal-PER, jogou uma partida da Libertadores com 43 anos e 10 meses. Para quebrar esse recorde, Zé Roberto precisará jogar mais uma edição da Libertadores e pelo menos até o mês de junho de 2018. Difícil, mas não improvável.

Entre os brasileiros, depois de Zé Roberto, o goleiro Rogério Ceni é o segundo mais velho. Em 2015, ele defendeu o São Paulo com 42 anos, 3 meses e 22 dias.

Jogadores mais velhos a entrar em campo na história da Copa Libertadores (1960-2017):
1º – Vicente Villanueva (43 anos e 10 meses)
Atacante, peruano, do Sporting Cristal-PER. Nasceu dia 10/6/1924
Peñarol-URU 1 x 1 Sporting Cristal-PER (10/4/1968)

2º – Faryd Mondragón (42 anos, 9 meses e 19 dias)
Goleiro, colombiano, do Deportivo Cali-COL. Nasceu dia 21/6/1971
Cerro Porteño-PAR 3 x 2 Deportivo Cali-COL (9/4/2014)

3º – Zé Roberto (42 anos, 8 meses e 3 dias)
Lateral-esquerdo, brasileiro, do Palmeiras. Nasceu dia 6/7/1974
Atlético Tucumán-ARG 1 x 1 Palmeiras (9/3/2017)
Palmeiras x Peñarol-URU (12/4/2017) – Se jogar, terá 42 anos, 9 meses e 6 dias
Peñarol-URU  x Palmeiras (26/4/2017) – Se jogar, terá 42 anos, 9 meses e 20 dias

4º – Rogério Ceni (42 anos, 3 meses e 22 dias)
Goleiro, brasileiro, do São Paulo. Nasceu dia 22/1/1973
Cruzeiro 1 x 0 São Paulo (14/5/2015)

5º – Éver Almeida (42 anos, 3 meses e 9 dias)
Goleiro, uruguaio, naturalizado paraguaio, do Olimpia-PAR. Nasceu dia 1/7/1948
Barcelona-EQU 1 x 1 Olimpia-PAR (10/10/1990)

6º – Juan Sebastián Verón (42 anos, 1 mês e 3 dias)
Volante, argentino, do Estudiantes-ARG. Nasceu dia 9/3/1975
Estudiantes-ARG 0 x 2 Barcelona-EQU (11/4/2017)

7º – Hugo Gatti (41 anos, 11 meses e 19 dias)
Goleiro, argentino, do Boca Juniors-ARG. Nasceu dia 19/8/1944
Boca Juniors-ARG 3 x 2 Montevideo Wanderers-URU (7/8/1986)

8º – Oscar Aguirregaray (41 anos, 7 meses e 7 dias)
Zagueiro, uruguaio, do Peñarol-URU. Nasceu dia 25/9/1959
Peñarol-URU 1 x 3 Vasco (2/5/2001)

9º – Raul Ramon Navarro (41 anos, 2 meses e 5 dias)
Goleiro, argentina, do Tolima-COL. Nasceu dia 22/2/1942
Tolima-COL 1 x 1 Universitario-PER (27/3/1983)

10º – Francisco Ruíz (41 anos, 2 meses e 5 dias)
Goleiro, argentina, do San José-BOL. Nasceu dia 26/2/1951
Criciúma 5 x 0 San José-BOL (11/4/1992)

]]>
0
Fred: maior artilheiro dos times da Série A em 2017 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/27/fred-maior-artilheiro-dos-times-da-serie-a-em-2017/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/27/fred-maior-artilheiro-dos-times-da-serie-a-em-2017/#comments Mon, 27 Mar 2017 14:57:55 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1484 Artilheiro do Campeonato Mineiro com 9 gols, o atacante Fred é o maior artilheiro entre os 20 clubes que vão disputar a Série A do Brasileirão em 2017. Com 12 gols em 11 jogos na temporada, Fred só não marcou em dois jogos no ano – contra Tombense e Tupi, pelo Estadual. O camisa 99 do Galo fez ainda um gol pela Libertadores (contra o Godoy Cruz-ARG) e outro na Primeira Liga (contra o Joinville).

No ano passado, Fred marcou também 12 gols pelo Atlético, porém, em 28 jogos. Agora, tem os mesmos 12 gols, mas em 11 jogos. No total, o atacante soma 24 gols em 39 jogos pelo Galo. Robinho, o artilheiro do time em 2016 com 26 gols, tem na atual temporada apenas um gol.

Entre os outros clubes, depois de Fred, quem mais marcou foi Henrique Dourado, atacante do Fluminense com 9 gols, seguido por Rafael Sóbis, do Cruzeiro, que tem 8 gols. Dos times paulistas, dois jogadores do São Paulo e dois da Ponte Preta têm 7 gols cada (Cueva e Gilberto, pelo Tricolor, e Lucca e Pottker, pela Ponte).

Entre os times da Série B, os destaques são Léo Gamalho (Goiás) e Brenner (Internacional), ambos com 11 gols.

Artilheiros dos times da Série A em 2017:
Atlético-MG – Fred (12 gols em 11 jogos)
Fluminense – Henrique Dourado (9 gols em 13 jogos)
Rafael Sóbis – Cruzeiro (8 gols em 12 jogos)
Avaí – Denílson (7 gols em 13 jogos)
Flamengo – Guerrero (7 gols em 10 jogos)
Ponte Preta – Lucca e William Pottker (7 gols em 12 e 13 jogos)
São Paulo – Cueva e Gilberto (7 gols em 11 e 9 jogos)
Sport – Rogério (7 gols em 13 jogos)
Vitória – Kieza (7 gols em 14 jogos)
Bahia – Régis (6 gols em 10 jogos)
Vasco – Nenê (6 gols em 13 jogos)
Atlético-GO – Jorginho (5 gols em 8 jogos)
Chapecoense – Atlético-MG
Corinthians – Jô (5 gols em 14 jogos)
Coritiba – Kléber (5 gols em 8 jogos)
Grêmio – Bolãnos (5 gols em 10 jogos)
Atlético-PR – Matheus Anjos (4 gols em 5 jogos)
Botafogo – Roger (4 gols em 11 jogos)
Palmeiras – Willian (4 gols em 13 jogos)
Santos – Vítor Bueno (4 gols em 12 jogos)

]]>
14
Mina fez o gol da vitória mais tardio do Palmeiras em Libertadores http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/16/mina-fez-o-gol-da-vitoria-mais-tardio-do-palmeiras-em-libertadores/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/16/mina-fez-o-gol-da-vitoria-mais-tardio-do-palmeiras-em-libertadores/#comments Thu, 16 Mar 2017 20:45:02 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1468 Em sua 17ª partipação na Copa Libertadores, o Palmeiras suou para conquistar sua primeira vitória em casa. Ontem, diante do Jorge Wilstermann, da Bolívia, o alviverde venceu por 1 x 0 com um gol do zagueiro colombiano Mina aos 51 minutos do segundo tempo. Nunca o Palmeiras demorou tanto para conseguir uma vitória na história da competição.

De todas as suas 78 vitórias anteriores, em 155 jogos disputados, a mais sofrida até então foi a de 2009, quando Cleiton Xavier marcou um golaço aos 42 minutos do 2º tempo na vitória por 1 x 0 sobre o Colo-Colo, em Santiago. O resultado, além de suado, garantiu ainda a classificação do Palmeiras para as oitavas de final daquele ano. Já em 2001, também na 1ª fase e no Chile, o Palmeiras ganhou da Universidad de Chile por 2 x 1 com um gol do zagueiro Alexandre aos 41 minutos do 2º tempo (2 x 1).

Gols mais tardios que deram vitórias ao Palmeiras na Libertadores desde 1961:

16/3/2017 – Palmeiras 1 x 0 Jorge Wilstermann (1ª fase)
51 do 2º – Mina

30/4/2009 – Colo-Colo-CHI 0 x 1 Palmeiras (1ª fase)
42 do 2º – Cleiton Xavier

18/4/2001 – Universidad de Chile-CHI 1 x 2 Palmeiras (1ª fase)
41 do 2º – Alexandre

25/5/2000 – Palmeiras 3 x 2 Atlas-MEX (Quartas)
40 do 2º – Rodrigo Taddei

4/2/1968 – Galícia-VEN 1 x 2 Palmeiras (1ª fase)
38 do 2º – Baldomero Amarilal (contra)

16/5/2000 – Palmeiras 1 x 0 São Caetano (oitavas)
37 do 2º – Muñoz

7/2/1968 – Deportivo Portugués-VEN 1 x 2 Palmeiras (1ª fase)
36 do 2º – Ademar Pantera

Já os gols tardios que deram empates ao Palmeiras na Libertadores, curiosamente, aconteceram duas vezes, ambas nas quartas de final de 2001. No jogo de ida, Lopes empatou, em São Paulo, aos 45 do 2º, quando o Cruzeiro, de Felipão, vencia por 3 x 2. Já no jogo de volta, no Mineirão, o zagueiro Alexandre, novamente, empatou em 2 x 2, aos 40 do 2º, levando a disputa para o pênaltis, onde o Palmeiras, de Celso Roth, levou a melhor (4 x 3).

23/5/2001 – Palmeiras 3 x 3 Cruzeiro (quartas)
45 do 2º – Lopes

30/5/2001 – Cruzeiro 2 x 2 Palmeiras (quartas)
40 do 2º – Alexandre

]]>
2
Novas arenas: Palmeiras supera Corinthians no desempenho dos clássicos http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/novas-arenas-palmeiras-supera-corinthians-no-desempenho-dos-classicos/ http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2017/03/13/novas-arenas-palmeiras-supera-corinthians-no-desempenho-dos-classicos/#comments Mon, 13 Mar 2017 20:18:39 +0000 http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/?p=1460 Corinthians e Palmeiras inauguram seus novos estádios em 2014 e desde então vêm tendo um aproveitamento muito bom em casa, principalmente nos clássicos. Na Arena Corinthians, inaugurada dia 18 de maio de 2014, o alvinegro disputou 16 clássicos, com 10 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, com um aproveitamento de 68%. Vitorioso em seus quatro primeiros jogos, o Corinthians foi perder sua invencibilidade em clássicos em Itaquera na 7ª partida, para o Palmeiras. Em 16 jogos, o alvinegro marcou 26 gols (1,63 por jogo) e sofreu 13 gols (0,81). Agora, em 2017, nos dois jogos que fez em casa, o Corinthians conseguiu duas vitórias (1 x 0 sobre Palmeiras e Santos). Diante dos rivais, o Corinthians ainda não perdeu para o São Paulo em casa (4 vitórias e 1 empate e 14 gols feitos). Contra o Palmeiras, foram 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. E diante do Santos, foram 4 vitórias, 1 empate e 1 derrota.

Já o Palmeiras, que inaugurou seu estádio no dia 19 de novembro de 2014, já disputou 12 jogos no Allianz Parque. Com a vitória sobre o São Paulo, por 3 x 0, no último sábado, o alviverde chegou a 8 vitórias em casa, 2 empates e apenas uma derrota – para o Corinthians no primeiro clássico realizado lá. Assim, o time já soma 11 clássicos sem derrota em casa – sete vitórias e quatro empates. Em 12 jogos em casa, o Palmeiras marcou 21 gols (1,75) e sofreu 7 gols (0,58) e tem um aproveitamento de 75% dos pontos disputados. Contra o Corinthians, foram três jogos, com 1 vitória, 1 empate e 1 derrota. Contra o Santos, foram 3 vitórias e 2 empates, além de um título na Copa do Brasil. Já contra o São Paulo, assim como o Corinthians, o Palmeiras não perdeu. Em quatro jogos, foram 4 vitórias e 12 gols marcados.

Desempenho do Palmeiras nos clássicos no Allianz Parque:
8/2/2015 – 0 x 1 Corinthians (Paulista)
25/3/2015 – 3 x 0 São Paulo (Paulista)
26/4/2015 – 1 x 0 Santos (Paulista)
28/6/2015 – 4 x 0 São Paulo (Brasileiro)
19/7/2015 – 1 x 0 Santos (Brasileiro)
6/9/2015 – 3 x 3 Corinthians (Brasileiro)
2/12/2015 – 2 x 1 Santos (Copa do Brasil)
20/2/2016 – 0 x 0 Santos (Paulista)
12/6/2016 – 1 x 0 Corinthians (Brasileiro)
12/7/2016 – 1 x 1 Santos (Brasileiro)
7/9/2016 – 2 x 1 São Paulo (Brasileiro)
11/3/2017 – 3 x 0 São Paulo (Paulista)

12 jogos, 8 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 75% de aproveitamento

Desempenho do Corinthians nos clássicos na Arena Corinthians:
27/7/2014 – 2 x 0 Palmeiras (Brasileiro)
21/9/2014 – 3 x 2 São Paulo (Brasileiro)
9/11/2014 – 1 x 0 Santos (Brasileiro)
18/2/2015 – 2 x 0 São Paulo (Libertadores)
5/4/2015 – 1 x 1 Santos (Paulista)
19/4/2015 – 2 x 2 Palmeiras (Paulista)
31/5/2015 – 0 x 2 Palmeiras (Brasileiro)
26/8/2015 – 1 x 2 Santos (Copa do Brasil)
20/9/2015 – 2 x 0 Santos (Brasileiro)
22/11/2015 – 6 x 1 São Paulo (Brasileiro)
14/2/2016 – 2 x 0 São Paulo (Paulista)
1/6/2016 – 1 x 0 Santos (Brasileiro)
17/7/2016 – 1 x 1 São Paulo (Brasileiro)
17/9/2016 – 0 x 2 Palmeiras (Brasileiro)
22/2/2017 – 1 x 0 Palmeiras (Paulista)
4/3/2017 – 1 x 0 Santos (Paulista)

16 jogos, 10 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 68% de aproveitamento

 

]]>
8