Futebol em Números

Arquivo : Guardiola

Barcelona de Luis Enrique supera o de Guardiola de 2009
Comentários Comente

Rodolfo Rodrigues

Na temporada 2008/2009, o Barcelona do técnico Pep Guardiola encantou o mundo com seu tiki-taka e uma inédita tríplice coroa para o clube catalão (Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol e Copa do Rei da Espanha. Em sua estreia como técnico do time principal do Barça, Guardiola igualou então o feito do Celtic-ESC (1967), Ajax-HOL (1972), PSV Eindhoven-HOL (1988) e Manchester United-ING (1999). A campanha do Barcelona de Guardiola nas três competições muito boa, com 74,7% de aproveitamento e média de 2,55 gols por jogo. O trio de atacantes, Messi, Eto’o e Henry marcou 100 gols, recorde na história do clube na época.

Já na temporada 2014/15, com o novo técnico Luis Enrique, também ex-ídolo do clube e formado como técnico nas categorias de base do Barça, a história foi parecida. Também em sua primeira temporada, Luis Enrique conquistou os três títulos que disputou (Liga dos Campeões, Espanhol e Copa do Rei). A diferença, porém, é que o Barcelona foi muito mais eficiente e ofensivo, sem deixar de perder a característica do toque e posse de bola. Com Luis Enrique, o Barcelona teve 85,6% de aproveitamento dos pontos média de quase 3 gols por jogo (2,92). Além disso, seu trio de atacantes (Messi, Neymar e Suárez) marcou 122 gols, estabelecendo uma marca recorde.

Barcelona 2008/09 (Guardiola)
Liga dos Campeões (15 J, 8 V, 5 E, 2 D)
Camp. Espanhol (38 J, 27 V, 6 E, 5 D)
Copa do Rei (9 J, 7 V, 2 E, 0 D)
Total (62 J, 42 V, 13 E, 7 D, 158 GP, 55 GC)
Artilheiros: Messi (38), Eto’o (36) e Henry (26)

Barcelona 2014/15 (Luis Enrique)
Liga dos Campeões (13 J, 11 V, 0 E, 2 D)
Camp. Espanhol (38 J, 30 V, 4 E, 4 D)
Copa do Rei (9 J, 9 V, 0 E, 0 D)
Total (60 J, 50 V, 4 E, 6 D, 175 GP, 38 GC)
Artilheiros: Messi (58), Neymar (39) e Suárez (25)


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>